Entrar

Cabos eleitorais discutem e causam tumulto

Discussões entre representantes dos partidos envolvidos no pleito de hoje, 28, ocasionou no chamamento dos representantes do Cartório Eleitoral e da Brigada Militar, que foram até os locais acalmar os ânimos. Confusões aconteceram nas urnas localizadas nas EMEFs Genuíno Sampaio e Presidente Vargas.

Situação já está normalizada.

Estes são os dois únicos registros até o momento na Eleição do Segundo Turno neste domingo.

Eleições 2018

A reportagem do AG está acompanhando o pleito eleitoral, iniciado às 8h, se dirigindo até algumas sessões eleitorais e constatando que nenhuma ocorrência foi registrada até o momento e a grande maioria das sessões estão com poucas filas.

Em conversa com o responsável pelo Cartório Eleitoral, foi confirmado que não houve nenhum problema com urnas até o momento.

 

A reportagem do AG voltará com novas informações a qualquer momento.

Tragédia no Mônaco: quatro casas destruídas pelo fogo e dez pessoas desabrigadas

Na manhã deste sábado, 27, moradores do bairro Mônaco foram surpreendidos com um grande incêndio que destruiu quatro moradias e, por pouco, este número não foi maior em razão da proximidades das casas.

O corpo de Bombeiros de Campo Bom, com o apoio de Bombeiros de Novo Hamburgo, combateu as chamas. A ação contou também com o apoio da Brigada Militar, dos Agentes de Trânsito e da RGE SUL.

Diante disto, o Jornal A Gazeta, que esteve no local, inicia uma campanha de solidariedade às famílias que perderam tudo o que tinham.

No total são 10 pessoas, sendo três crianças de seis, oito e nove anos e uma grávida que perdeu todo o enxoval.

Neste trágico momento é importante a união de todos, doando tudo o que for possível, como alimentos, materiais de construção, móveis, roupas de cama, roupas de vestuário para adultos e crianças.

As doações podem ser entregues no local ou acionar a Defesa Civil através dos telefones 3597-3683 e 99631-4625.

Este é o segundo incêndio que ocorre nesta semana a uma distância menor do que 1km. Também no anterior a família perdeu todos os pertences e segue igualmente pedindo a solidariedade de todos.

Tragédia no Mônaco: quatro casas destruídas pelo fogo e dez pessoas desabrigadas - 4.0 out of 5 based on 1 review

Administração Municipal publica Nota Oficial sobre Hospital

A Administração Municipal de Campo Bom, vem por meio de Nota Oficial esclarecer aspectos importantes com relação ao término do contrato junto ao Hospital de Caridade São Roque.

  1. Prezando sempre pela legalidade e transparência de seus atos, o Município de Campo Bom vem a público reiterar que sempre cumpriu fielmente suas obrigações contratuais, pagando estritamente em dia por todos os serviços prestados e devidamente comprovados pelo Hospital de Caridade São Roque. Além disso, a Administração reafirma que sempre prezou pela manutenção de um diálogo transparente e franco junto ao Corpo Diretivo da antiga gestora, sobretudo no sentido de buscar soluções juridicamente viáveis para todo e qualquer impasse.
  1. Ao término do contrato, no dia 16.10.2018, o Município notificou o Hospital de Caridade São Roque, para que no prazo de 24 horas regularizasse eventuais pagamentos não realizados ou em atraso, bem como apresentasse os respectivos comprovantes e a forma de pagamento das rescisões e honorários, exibindo os cálculos individualizados, sob pena de não liberação dos recursos financeiros, com base nas cláusulas sexta e décima primeira do contrato n° 168/2013.
  1.  Diante da negativa do referido prestador de serviço, e, visando a garantia de que os recursos a serem repassados pelo município referentes ao mês de setembro e a primeira quinzena de outubro de 2018 sejam utilizados para o pagamento dos médicos e funcionários que atenderam o Hospital São Roque, a Administração Municipal na qualidade de contratante, e, principalmente em respeito as disposições contratuais, decidiu por depositar em juízo a totalidade dos valores devidos à prestadora de serviços.
  1. Ressaltamos que a Administração Municipal coloca-se sensível e atento a atual situação dos colaboradores que se encontravam vinculados a gestora até o dia 15.10.2018, no entanto, reforça e reafirma que todos os pagamentos devidamente comprovados pela instituição já foram efetuas pelo município de forma integral. Sendo assim, faça-se saber que toda e qualquer responsabilidade sobre a quitação de dívidas na sua integralidade com os profissionais é única e exclusivamente de responsabilidade do Hospital de Caridade São Roque.
  1. A Administração Municipal reitera seu compromisso com a causa, bem como o respeito para com todos os colaboradores da antiga gestora, estando a disposição de todos os profissionais para um diálogo aberto, sobretudo na busca de soluções viáveis sob o ponto de vista legal para toda e qualquer dificuldade.

Bivaque e o Bivaque Piá da Poesia Gaúcha é neste final de semana

Integrando a comunidade ao movimento tradicionalista através do verso e abrindo novos espaços para poetas e declamadores, vem aí mais uma edição do Bivaque e do Bivaque Piá da Poesia Gaúcha. Os dois concursos de poesia e declamação, de conotação gauchesca, nativista, tradicionalista e social, abrangem os usos e costumes do Rio Grande do Sul. O 17º Bivaque da Poesia Gaúcha Piá, acontece na sexta-feira, 26, quando estudantes municipais apresentarão 21 poemas classificados nas categorias Piazito, Piá e Guri. Já no sábado, 27, é a vez do 16º Bivaque da Poesia Gaúcha, com apresentação dos 10 poemas classificados. Ambos os eventos, promovidos pela Prefeitura, através da Secretaria e Educação e Cultura (Smec) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, ocorrem no (CTG) M'Bororé, com entrada franca.

17º Bivaque da Poesia Gaúcha Piá

O 17º Bivaque da Poesia Gaúcha Piá ocorrerá a partir das 19h30min, com apresentações de 21 declamadores de 8 a 18 anos de idade. O concurso, promovido pela Smec e pelo Centro de Tradições Gaúchas (CTG) M’Bororé, tem a proposta de fomentar a criação literária nas escolas por meio de poemas de autoria dos alunos. As apresentações ocorrem nas categorias Piazito (8 a 12 anos incompletos), Piá (de 12 a 15 anos incompletos) e Guri (15 a 18 anos incompletos).

17º Bivaque da Poesia Gaúcha

O concurso de poesia e declamação gauchesca tem a intenção de ressaltar os costumes da região em um espaço que busca descobrir novos poetas e declamadores. Para a competição foram selecionadas dez poesias que serão apresentadas no dia 27, às 21 horas no (CTG) M'Bororé. O Festival será avaliado por Romeu Weber, declamador, João Fontoura, poeta, declamador e músico e Juarez Machado de Farias, poeta. O evento contará ainda com a apresentação cantor Jari Terres, às 23h.

Mais de R$ 110 mil em vale-livros foram distribuídos na 34º Feira do Livro de Campo Bom

Para incentivar a compra de novos livros e consequentemente a leitura, a Prefeitura distribuiu vale-livros entre alunos e educadores da rede municipal e que puderam ser trocados por exemplares, em qualquer um dos estande da Feira do Livro de Campo Bom, que aconteceu entre 16 e 21 de outubro no Largo irmãos Vetter. Foram mais de R$ 110 mil distribuídos em vales de R$ 5,00 (para alunos do berçário ao 2º ano), R$ 10,00 (do 3º ao 5º ano), R$ 15,00 (6º ano ao 9º) e R$ 20,00 (para educadores escolares). A ação integra a política de incentivo à leitura e garante que a garotada adquira pelo menos uma obra na Feira do Livro.

Segundo a professora da Emef Arco-íris, Jéssica Antunes, esse investimento do Município foi muito importante para os estudantes. “A iniciativa da Prefeitura é fantástica, pois dar acesso a compra dos livros é valioso para as nossas crianças, vemos os olhos deles brilhando por esse momento”, afirmou Jéssica.

Quem gostou também foi o aluno da Emef Esperança, Leandro da Silva Dias, de 9 anos. “Fiquei muito feliz em ganhar o vale e comprei meu livro favorito”, comemorou Leandro.

Campo Bom é reconhecido por desempenho no IDEB

O bom desempenho de Campo Bom na área de educação foi reconhecido na manhã desta terça-feira, 23. Em uma cerimônia realizada no Grupo Editorial Sinos, em Novo Hamburgo, o prefeito Luciano Orsi e a secretária de Educação e Cultura, Simone Schneider, receberam um reconhecimento por Campo Bom ter ficado em segundo lugar entre os 52 da região, atingindo as metas estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), desde a sua criação, no ano de 2005 até a avaliação de 2017.

 

O evento contou com a presença do Ministro da Educação, Rossieli Soares, do Secretário Estadual da Educação, Ronald Krummenauer, de prefeitos, secretários municipais de educação e autoridades. O reconhecimento foi entregue pela Comissão Organizadora do BICENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO ALEMÃ no Brasil, representada pelo Instituto São Leopoldo 2024, através do Projeto Educação em 1º Lugar, que tem como objetivo motivar as comunidades de 52 cidades da região, Berço da Imigração Alemã, lançando o desafio para que as cidades busquem atingir e suplantar os índices do IDEB até o ano do Bicentenário, em 2024.

 

Para o prefeito Luciano Orsi, o desempenho das escolas é resultado de um trabalho pedagógico que vem sendo feito nas unidades com intuito de valorizar as habilidades dos estudantes. “Orientamos para que os professores sempre pensem em práticas pedagógicas que aproximem diversas disciplinas. O diferencial desse resultado é fruto de um trabalho reflexivo e de qualidade que só traz benefícios para os nossos estudantes e estamos trabalhando para melhorar cada vez mais esses índices”, ressalta.

 

Segundo Simone, está sendo desenvolvido um trabalho permanentemente para Campo Bom ser um município com educação de qualidade. “Nossa missão é proporcionar ao aluno um desenvolvimento pleno para que ele seja capaz de contribuir para as mudanças sociais necessárias à construção de uma sociedade melhor”, define a secretária.

Casa destruída pelo fogo no bairro 25 de Julho

Um chalé localizado na rua Leão XIII, ao lado do número 344, pegou fogo na manhã desta terça-feira, 23, e tudo foi destruído.

Na casa residiam Valdir Braun, funcionário do calçados Schutz, sua esposa Patrícia e filha Naiara. Ninguém se feriu. 

O Jornal A Gazeta, junto com a Defesa Civil, inicia, a partir de agora, uma campanha de ajuda à família atingida.

Todas as doações podem ser enviadas para a Defesa Civil e contatos podem ser feitos pelo telefone 3597-3683 ou 99631-4625 das 12:30 às 18:30. Doações de roupas, eletrodomésticos, material de contrução, louças, talheres e móveis serão aceitas. 

A Defesa Civil irá até o local buscar doações.

Praça CEU está entre as melhores do Brasil

O Centro de Artes e Esportes Unificados Sady Arnildo Schmidt (CEU) de Campo Bom está entre os seis melhores do Brasil, segundo avaliação do Ministério da Cultura (MinC). O diagnóstico, que tem como referência o ano de 2017, levou em conta o desempenho de gestão do espaço. A Praça CEU de Campo Bom, localizada no bairro Operária, obteve alta pontuação no diagnóstico de gestão do MinC referente a 2017. Em 2016, a mesma Praça havia sido avaliada com pontuação mediana. O CEU de Campo Bom oferece ambientes e serviços diferenciados para a comunidade, além de levar cultura, lazer e esporte para a Grande Operária.
Liandro Camargo, gestor do CEU, explicou como aconteceu a seleção. “Existem 357 equipamentos (CEUs). Dos 148 que já foram inaugurados em todo o país, 131 participaram, em 2017, efetivamente das avaliações feitas pelo Ministério da Cultura e, destes, seis foram selecionados para alimentar a pesquisa do estudo da Unesco. Dentre os critérios para essa seleção, considerou-se o ótimo desempenho que o CEU Sady Schmidt obteve no diagnóstico dos questionários aplicados pelo Ministério da Cultura em 2017 comparados aos do ano anterior. Em 2017, a Praça CEU de Campo Bom obteve ALTA PONTUAÇÃO no diagnóstico de gestão, desta coordenação. Em 2016, a mesma Praça foi avaliada com PONTUAÇÃO MEDIANA.", conta Camargo.

 

Objeto de estudo

Nos dias 1, 2 e 3 de outubro, o CEU de Campo Bom recebeu a pesquisadora Hingridy Fassarella Caliari, Consultora da Unesco, que está promovendo um estudo sobre gestão das Praças CEUs, realizado pelo MinC em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). O objetivo do estudo é conhecer práticas de gestão das Praças CEU que possam contribuir para a melhoria do programa em todo o Brasil.
Durante a visita, a consultora fez várias entrevistas com o coordenador da Praça, Liandro Camargo, com funcionários, professores, alunos, com os profissionais do Cras CEU e alguns usuários dos serviços ofertados no espaço. Além disso, pediu acesso a documentação do CEU, aos espaços físicos e instalações.
Para a secretária de educação, Simone Schneider, o reconhecimento se dá graças ao trabalho da equipe responsável pelo espaço. “O trabalho realizado pela equipe da Praça CEU e coordenado pelo professor Liandro é destaque, porque todos estão comprometidos em oferecer o melhor para o bem-estar da comunidade, seja por meio da Assistência Social, seja por meio da Educação ou da Cultura, áreas totalmente articuladas. As atividades são as mais diversificadas possíveis, aumentando as oportunidades de participação, logo de desenvolvimento socioeducativo e cultural, emocional e social dos frequentadores. O CEU é da e para a comunidade” destaca Simone.
A pesquisa procura definir como se fez para que os serviços ofertados fossem trabalhados de forma interdisciplinar entre as secretarias envolvidas no CEU (SMEC e SEDSH) e como a comunidade percebe o CEU como um espaço de acolhimento social, cultural, de lazer, de esporte e de educação.

 

Espaço diferenciado

Além de oficinas, a população encontra no CEU uma biblioteca com mais de 3.000 livros que podem ser retirados, uma quadra poliesportiva de uso comum ou com marcação de horários específicos para grupos fechados e exclusivos, pista de skate livre, pista de caminhada, pracinha e um cineteatro. Em maio do ano passado o local também passou a contar com um Cras, contemplando cerca de 700 moradores da região com o atendimento para os beneficiários dos programas e ações assistenciais promovidos pela Prefeitura.

Campo-bonense bate recordes em Festival Nacional

Aconteceu no ultimo final de semana, dias 13 e 14 de outubro, o Festival Nacional de Taekwondo, na cidade de Gramado. O evento contou com a presença de mais de 800 atletas.
A cidade de Campo Bom foi representada pelo atleta Luis Garcez, aluno do professor Junior Klaus, da academia Klaus Taekwondo Dojang.

Luis disputou na modalidade de formas, o Poom Sae Taegu Il Jam, ficando com a medalha de ouro. Os destaques ocorreram nas modalidades de chute em altura e chute em distância; neste primeiro, Luis conseguiu o 1º lugar geral e na categoria, alcançando a marca de 2,95 metros de altura, batendo o recorde da competição que era 2,85 do ano anterior. No chute em distância, o atleta alcançou a marca de 5,50 metros, batendo também o recorde da competição que era 5,30 metros do ano anterior, ficando, também, com o 1º lugar geral e da categoria.

No segundo dia, ocorreram as modalidades de lutas pela parte da manhã e da tarde. Luis fez sua luta contra um atleta de Frederico Westphalen; o atleta campobonense estava com o placar a seu favor, de 3 a 1, porém, o outro atleta ao desferir um golpe ilegal na região do olho de Luis, acabou por ser desclassificado e confirmou a quarta medalha de ouro para Luis.

O professor Junior Klaus foi homenageado junto com os demais professores das outras academias pela dedicação e por serem os difusores do esporte nos jovens e adultos.

O evento contou com 28 academias de todos os lugares do país, trazendo consigo grandes nomes e autoridades do Taekwondo Nacional, incluindo o Grão Mestre Te Bo Lee, 9º Dan.

Luis segue os treinamentos junto da academia para o campeonato Sul-americano que ocorrerá na cidade de Nova Petrópolis, dias 9, 10 e 11 de novembro.

Assinar este feed RSS
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.