Entrar

Prefeitura garante que valores de repasse ao Hospital nos últimos quatro meses ultrapassaram R$ 7 milhões

A Secretária Municipal de Campo Bom, Suzana Ambros Pereira, se manifestou, no final da tarde desta segunda-feira, 07, sobre o parcelamento dos salários dos funcionários do Hospital Dr. Lauro Reus, divulgada em primeira mão pelo Jornal A Gazeta, ainda na manhã de sábado, 05. Na ocasião, a reportagem apurou a informação de funcionários da principal casa de saúde do município e buscou explicações junto ao Governo Municipal. A Direção do Hospital foi procurado, através de seu Gerente Financeiro, Jones Gabbi, porém não houve manifestação.

Confira os esclarecimentos de Suzana Ambros Pereira a respeito dos repasses e sobre a relação conturbada com a Direção do Hospital Dr. Lauro Reus:

- Qual o repasse mensal feito pela prefeitura ao hospital? Que serviços estão inclusos?

Maio/17 repasse de R$ 2.702.827,96
Junho/17 repasse de R$ 1.665.479,04
Julho/ 17 repasse de R$ 1.774.432,72
Agosto até dia 04/08/17 repasse de R$ 467.046,45.
Estava previsto o pagamento de mais 70% do valor da fatura R$1.199.174,00 do mês, ou seja R$ 800.421,80 para hoje. O deposito foi efetuado após o Hospital encaminhar a Nota Fiscal.

- A prefeitura não está fazendo repasses em dia?

Sim, os serviços realizados e comprovados, estão sendo pagos mediante apresentação de fatura e Nota Fiscal. Apenas o repasse do valor de mais R$ 326.000,00 referente custeio da UTI Adulto, aguardamos a assinatura do Termo Aditivo pelo Senhor Presidente do Hospital São Roque e emissão da Nota Fiscal, até o momento o Presidente não assinou o Termo Aditivo para viabilizar mais este pagamento.

O Hospital entregou a fatura do mês somente na última sexta-feira, 04, gerando atraso na conferência para autorização do pagamento, mas Prefeitura está agilizando para realizar pagamento ainda hoje, desde que o Hospital apresente a Nota Fiscal, em tempo de operacionalizar o repasse.

- Qual a preocupação da prefeitura com a manutenção dos serviços, uma vez que, sem repasses, há o indicativo de que os atendimentos devem ser reduzidos?

Todos os serviços realizados estão sendo pagos e devem ser mantidos.

- A Prefeitura tem problemas com a gestão atual do hospital? Quais são?

A prefeitura, vem exigindo a comprovação dos serviços prestados para realizar os pagamentos de forma adequada, sendo que os valores sem comprovação vêm sendo glosados para que o prestador possa materializar as comprovações dos serviços. Reforçamos nosso compromisso de desenvolver um trabalho com transparência e sempre visando a saúde e o bem-estar da comunidade.

- Há interesse em romper o contrato?

Não há interesse por parte do Município de Campo Bom em romper o contrato, mas, sim, que este seja cumprido em sua totalidade e a contento da comunidade, sem que haja interrupção ou suspensão de serviços.

PS: O Jornal A Gazeta abre espaço para todas as partes envolvidas se manifestarem e apresentarem suas posições. Salientamos que nem sempre recebemos retorno, porém, sempre que o recebemos, publicamos.

Última modificação emSegunda, 07 Agosto 2017 20:20
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.