Entrar

Campo Bom segue na luta contra o Aedes Aegypti

Iniciativa: Secretário do Meio Ambiente José Orth entregou uma muda da planta ao diretor do AG, Mauri Spengler AG Iniciativa: Secretário do Meio Ambiente José Orth entregou uma muda da planta ao diretor do AG, Mauri Spengler

Somente neste ano, a Secretaria de Saúde já identificou pelo menos 20 locais positivos com focos do mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão das doenças Zika, Dengue e Febre Chikungunya, porém, destes, nenhum encontra-se ativo.

No último sábado, 13, o Brasil inteiro declarou guerra ao mosquito no Dia Nacional de Luta contra o Aedes Aegypti. Em Campo Bom, agentes de endemias percorreram as ruas da cidade divulgando e conscientizando a população para os riscos do mosquito. Com o anúncio “Não dê mole para o mosquito”, um carro de som percorreu alguns bairros.


Duas mil mudas de citronela

Outra medida que a secretaria de saúde, em parceria com a secretaria do meio ambiente e esporte está adotando é um programa de plantio de cerca de duas mil mudas de citronela. A ação teve o pontapé inicial na última quarta-feira, 17, na Praça João Blos.

Segundo especialistas, a planta contêm substâncias que repelem o mosquito Aedes Aegypti. Num primeiro momento, o foco principal do plantio será em locais onde hajam bromélias, visto a detecção de larva do mosquito neste tipo de planta em uma residência do bairro Paulista. Segundo a Sema, uma muda de citronela repele o Aedes num raio de 50 metros quadrados.


Caminhar faz bem engajado na campanha
O tradicional programa idealizado pela Secretaria Municipal de Esportes, o Caminhar Faz Bem, realizou uma edição especial também no sábado. No percurso de 6 quilômetros, os participantes recolheram lixos onde poderiam vir a formar focos do mosquito.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.