Entrar

Polícia Civil investiga procedência de panfleto apócrifo que ataca o Jornal A Gazeta

Alguns campo-bonenses receberam, na manhã desta terça-feira, 1º, um panfleto anônimo atacando o Jornal A Gazeta, o colunista Mauri Spengler, além de diversas pessoas ligadas ao Governo Municipal.

O material foi enviado pelo Correio, postado no dia 25 de julho, na agência de Araricá e o remente se nomeia “João da Silva”, morador da avenida João XXIII, 764. A Policia Civil procurou este endereço, porém trata-se do cemitério municipal.

No panfleto, além de informações infundadas, há o ataque direto a pelo menos seis secretários de Orsi e ao presidente do Sindicato dos Sapateiros.

A Polícia Civil de Campo Bom está abrindo inquérito para investigar a autoria do material e, se identificados, irão responder criminalmente por Calunia e Difamação. “Inclusive estaremos atentos aos compartilhamentos desse material, tanto físico, como em redes sociais. Pedimos que todas as pessoas que se sentirem ofendidas pelo panfleto, registrem ocorrência na Delegacia de Polícia”, afirmou Claudio Dineck, Chefe de Investigação da Polícia Civil.

Última modificação emTerça, 01 Agosto 2017 13:01
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.