Entrar

Programa incentiva adoção de espaços públicos

Destaque Programa incentiva adoção de espaços públicos

Buscando incentivar a comunidade e as empresas a ajudarem no cuidado dos espaços públicos, a Prefeitura de Campo Bom lançou esta semana um programa de adoção de rótulas, canteiros e outras áreas públicas. Trata-se do Abrace Campo Bom, uma medida que prevê a manutenção em jardins, canteiros, floreiras, praças e parques. Em contrapartida, as empresas participantes poderão utilizar os mesmos espaços para fazer a própria publicidade, de acordo com padrões previstos em decreto.

Segundo o Prefeito Luciano Orsi, o programa estimula a preocupação ambiental, melhorando a qualidade de vida dos cidadãos por meio da preservação dos espaços públicos. “A prática de adoção dos logradouros ajardinados por parte de empresas e entidades da sociedade civil organizada é cada vez mais comum no País. Sabemos do zelo que nossos empresários têm com a nossa cidade e queremos que eles participem desta iniciativa que estimula a preservação da beleza de Campo Bom”, define Orsi.

Já o titular da Secretaria de Obras, Patrick Ruppenthal, ressalta que um dos objetivos da ação também é o de dividir a responsabilidade de preservação das praças e canteiros, que existem em grande quantidade em Campo Bom. “Dessa forma, é possível ampliar o número de praças atendidas e estender as ações da prefeitura, além de gerar economia aos cofres públicos”, afirma.

O Programa é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Obras que promoverá as orientações e a fiscalização sobre os trabalhos realizados sob responsabilidade das empresas.

COMO FUNCIONA
Podem conveniar com o Município, através do programa Abrace Campo Bom, as pessoas jurídicas com sede ou filial em Campo Bom, que objetivem a adoção de bens públicos de uso comum do povo para a execução de melhorias urbanas, ambientais ou paisagísticas, ou para a respectiva conservação.

O empresário interessado deve abrir protocolo na Prefeitura solicitando a adoção de praça ou logradouro. Na proposta devem constar o local que se pretende adotar; uma proposta de trabalho apresentando um descritivo das melhorias urbanas, ambientais ou paisagísticas a serem realizadas; o método de conservação; o modo de atuação e o texto da veiculação publicitária pretendida para o local.

Na ocasião, devem ser apresentados os documentos de Contrato Social, CNPJ e Certidão de Regularidade para com a Fazenda Municipal.

As propostas de adoção apresentadas serão analisadas pela comissão criada para implantar e acompanhar a execução do programa Abrace Campo Bom.

As adoções exigem apenas o plantio ou replantio de espécies vegetais no local selecionado, manutenção e limpeza do gramado, de arbustos, árvores e flores, assim como a realização da poda periódica.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.