Entrar

Festa do Sapato agora é marca registrada

Destaque Festa do Sapato agora é marca registrada

Iniciado há dois anos, o processo de registro de marca de um dos maiores eventos do Vale do Sinos foi concluído há poucos dias. Com isso, o nome Festa do Sapato de Campo Bom passou a pertencer à Fundação Cultural de Campo Bom, entidade responsável por sua promoção e organização desde a primeira edição, em 2006. O registro foi efetuado junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).
Integrante da Fundação Cultural e responsável pelo processo de registro, Solandir Oliveira destaca uma descoberta curiosa durante o processo, que começou em 2016. “Nossa surpresa foi que já existia a marca Festa do Sapato, registrada em São Paulo. Então, optamos pelo registro com o nome ‘Festa do Sapato de Campo Bom’”, destaca.


Para obter a marca, a Fundação Cultural teve de seguir o protocolo e realizar petições, fazer o pagamento de taxas e ainda o pedido de registro para oposição, no qual o registro poderia ser reivindicado. Passado o prazo e sem que tenha havido qualquer contestação, o processo entrou em exame de mérito, sendo concluído e homologado no final do mês de agosto. “O registro no Inpi significa que a Fundação Cultural é proprietária da marca Festa do Sapato de Campo Bom, sendo a única entidade que pode explorar o evento. Isso também vai facilitar a elaboração de convênios com órgãos públicos”, esclarece Oliveira.

SUCESSO DE PÚBLICO

Realizada entre os dias 7 e 18 de junho deste ano, a Festa do Sapato de Campo Bom atraiu mais de 60 mil visitantes para o Largo Irmãos Vetter. Com um total de 18 lojistas, sendo 45% deles empresas instaladas no próprio município, o evento ofereceu ao público mais de 30 mil pares de sapatos, bolsas e acessórios. A maior parte dos produtos expostos foi de fabricação própria em cidades como Estância Velha, Novo Hamburgo e Sapiranga, entre outras, além, é claro, de Campo Bom. Atuando somente com expositores locais, a festividade cumpriu, mais uma vez, seu papel de valorizar a história e estimular a atuação campo-bonense e do Vale do Sinos junto ao setor calçadista.


Para além dos sapatos, a Festa contou ainda com 30 estandes de artesanato, 20 bancas na praça de alimentação, 14 expositores no Espaço Mix Variedades e sete empresas no Espaço Inovação. A programação somou mais de 60 apresentações, entre shows, danças e espetáculos teatrais, sendo que 80% dos artistas são da nossa região. Um dos destaques da área cultural foi a Mostra Jazz RS, que teve três apresentações diárias, entre os dias 5 e 7, oferecendo ao público um entretenimento diferenciado e de alta qualidade.
O esporte, a segurança e o turismo também estiveram presentes no evento, com a Corrida 7K, policiamento ostensivo com monitoramento via câmeras de todo o entorno e ainda passeios pela cidade e a abertura do Mirante para visitação.
Totalmente realizada com trabalho voluntário, a Festa do Sapato de Campo Bom teve sua primeira edição em 2006, numa iniciativa para valorizar o histórico do município e da região.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.