Entrar

Estudante promove vaquinha para competir na Copa do Brasil de Xadrez

Estudante promove vaquinha para competir na Copa do Brasil de Xadrez Divulgação

Com somente 6 anos de idade, Michelle Brito Cunha, hoje com 15, fez uma escolha um pouco comum para crianças da sua idade. Elegeu o xadrez como esporte preferido e começou a praticar. Considerado um esporte, mas também uma arte e uma ciência, o xadrez é praticado por pessoas com grande poder de concentração e paciência, atributos não muito comuns em crianças.

O tempo foi passando e o amor pelo xadrez foi aumentando. “Aprendi a movimentar as peças com o professor Nelson que, na época (2008), trabalhava na EMEF Esperança”, salienta a enxadrista. Vieram as primeiras competições e a certeza que aquele esporte faria parte de seu futuro. Michelle viu na família o incentivo necessário para não parar. “As pessoas que mais me incentivam são meus familiares, colegas, professores e amigos. Principalmente minha irmã, Monique, que está presente em todas as minhas vitórias e derrotas”, disse a jovem campo-bonense, que é filha de Mônica e José Cunha.

O seu interesse pelo xadrez fez com que Michelle se aprofundasse no assunto. “Esse ano, mesmo sem professor específico de Xadrez, comecei a estudar mais seriamente a modalidade sozinha em e-Books, sites e vídeos online”, explica.

COPA DO BRASIL É A PRÓXIMA PARADA

Neste ano, a enxadrista participou de uma das diversas etapas ocorridas em todo o país da Copa do Brasil Escolar. Disputada na cidade de Alvorada, Michelle se destacou, ficando entre as cinco melhores na categoria. O resultado rendeu uma vaga na Copa do Brasil da modalidade, que será disputada na cidade de Petrolina, Pernambuco, no dia 17 de dezembro.

VAQUINHA ARRECADA FUNDOS PARA VIAGEM

Após conquistar a tão sonhada vaga, Michelle e sua família se viram em um dilema. Como não possuem condições financeiras de arcar com as despesas da jovem na competição, a participação de Michelle na Copa do Brasil chegou a estar ameaçada.

Porém surgiu a ideia de organizar uma grande vaquinha online para arrecadar recursos para suprir as despesas. “Precisamos de cerca de R$ 3 mil para as passagens, alimentação e hospedagem. Por isso, estamos arrecadando doações de qualquer valor que a comunidade possa nos ceder. Estamos também confeccionando uma camiseta com o logo dos patrocinadores, em caso de apoio de empresas”, explicou Michelle.

As doações acontecem de maneira física, ou através da “Vakinha Online” que foi criada para a campanha. Para contribuir, basta acessar o link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-enxadrista-michelle?utm_campaign=whatsapp&utm_content=238522&utm_medium=website&utm_source=social-shares. O talento de Michelle é indiscutível e toda a comunidade pode contribuir para que ela realize esse grande sonho.

SHOW BENEFICENTE

Sensibilizadas com a campanha solidária em pról de Michelle, o grupo 50 Tons de Preta fará um show, na próxima quarta-feira, 6, no Butiquim Nordestino (avenida Independência, 889). A apresentação celebrará também o Dia do Samba. Os ingressos custam R$ 12 e podem ser adquiridos no local do show. Parte da renda será destinada a campanha de Michelle.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.