Entrar

Cachorro-quente para arrecada recursos para a pequena Helena

Helena precisa de ajuda para tratamento Arquivo pessoal Helena precisa de ajuda para tratamento

A história de superação e persistência pela vida de Helena Ludwig Flores, hoje com 2 anos e 8 meses, ficou popularmente conhecida após uma reportagem especial do jornalista Renan Spengler, publicada no Jornal A Gazeta em outubro de 2016. Após a divulgação, iniciou-se uma grande campanha para salvar a vida da pequena gigante campo-bonense.

Ela nasceu em 13 de julho de 2015, no hospital de clínicas, em Porto Alegre. Uma prematura extrema de 26 semanas, 28 cm, 540 gramas chegando a pesar 510 gramas. Ficou internada na UTI durante 110 dias, onde lá teve várias intercorrências, entre elas uma hemorragia intracraniana grau 3 acarretando uma paralisia cerebral diplégica espástica que dificulta a marcha, equilíbrio e algumas atividades diárias. Helena saiu da UTI se alimentando através de uma sonda. Em abril de 2016, Helena, que é filha de Daiane e Itamar Flores, foi diagnosticada com Síndrome de West, fazendo com que ela regredisse muito, porém, devido aos tratamentos feitos corretamente, ela vem evoluindo positivamente até os dias de hoje.

Todas as complicações fazem com que Helena necessite de terapias específicas para o seu desenvolvimento. Atualmente ela usa uma órtese para caminhar, porém é necessário trocar o equipamento para que ela possa se locomover. Além disso, ela necessita passar por no mínimo 4 sessões semanais de fisioterapia, o que hoje, por falta de recursos, se resume a apenas uma.

Para arrecadar recursos para o prosseguimento dos tratamentos, familiares e amigos promoverão um cachorro quente em prol de Helena. A ação acontece no dia 26 de maio. Os cartões estão à venda através dos telefones 98175-6182 ou 99130-2198 ao valor de R$ 7,00.

Última modificação emDomingo, 18 Março 2018 12:10
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.