Entrar

Campo Bom caminhando para ser a “Capital do Futsal no RS”

Competência e garra coroaram a equipe do Amigos da Bola, campeão da Série Ouro AG Competência e garra coroaram a equipe do Amigos da Bola, campeão da Série Ouro

A cidade de Campo Bom sempre teve uma identificação muito grande com o futebol de salão, como era chamado antigamente o futsal. Desde o tempo em que uma das principais diversões dos trabalhadores era assistir nas arquibancadas de madeira dos ginásios Castelo Branco, Tiradentes e também no Reny as partidas daquele esporte que na época em que o gol não podia ser marcado de dentro da área e a bola era menor e mais pesada e o lateral era idêntico ao futebol de campo, executado com as mãos. O futebol de salão mudou, e com a mudança nas regras trocou também o nome, virou futsal, febre mundial. Se encantou onde não o conheciam, aqui ele se tornou o esporte mais praticado da cidade. Hoje praticamente todos os ginásios existentes na cidade tem seu quadro de horários completo. São equipes de amigos, empresas, que semanalmente cultivam a paixão pelo esporte.

De olho nesta paixão, a prefeitura vem organizando a cada ano novas competições para integrar a população. Existem hoje, segundo o secretário de esportes e lazer João Carlos e Silva, cerca de 120 equipes disputando o Campeonato Municipal dividido nas Séries Ouro, Prata, Bronze, Divisão de Acesso, Copa 40 anos, Copa 50 anos e Feminino. Esta quantidade de equipes, combinada com a organização das competições, torna Campo Bom uma cidade única no estado do Rio Grande do Sul. Não há nenhuma outra cidade com três divisões no futsal, e Campo Bom desde 2013 passou a contar com a Divisão de Acesso, devido ao número excessivo de participantes da Série Bronze daquele ano. Em 2015, novamente a Divisão de Acesso está em seu limite, a competição que começa este mês contará com a participação de 59 equipes, todas já inscritas.

“Não há no estado hoje uma cidade que tenha proporcionalmente o número de habitantes que Campo Bom tem participando de competições de futsal organizadas pelo município”, enfatizou o secretário.

O formato atual, com as quatro divisões é resultado de um crescimento no interesse pelo esporte, combinado com a organização das competições que passou a limitar o número de equipes por divisão para distribuir a competição ao longo do ano. Deste modo, atualmente, o calendário esportivo tem a Série Ouro começando em abril, a Prata em maio, a Bronze em Julho e a Divisão de Acesso em Agosto. Todas as competições classificam seus três primeiros colocados para a Supercopa, que acontece entre Outubro e Novembro. O objetivo é proporcionar a um número cada vez maior de amantes do futsal a possibilidade de participar de uma competição. O secretário João Carlos ressalta que com exceção da Série Ouro, em que são aceitos dois atletas de fora de Campo Bom, e na Supercopa, em que cada clube pode inscrever um jogador de fora, todos os demais precisam residir, trabalhar, estudar ou ter registrado em seu nome um imóvel que esteja com o IPTU em dia. Essa medida, torna possível a participação maior da população do município. Outra ação neste sentido é a permissão para inscrever o atleta somente em uma divisão por ano, o que revela novos talentos.

O futsal em Campo Bom é sem dúvida nenhuma um caso de sucesso. Certamente, muitos daqueles frequentadores do Castelo Branco, Tiradentes e Reny, podem ser vistos ainda praticando seu esporte favorito, hoje, porém no Ginásio Karl Heinz Kopitkke, na categoria que reúne “jovens” de mais de 50 anos.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.