Entrar

Vereador acusa: “Agora acabou a maquiagem na educação”

Destaque Vereador acusa: “Agora acabou a maquiagem na educação” Cássios Schaab/CMVCB

Como foi o IDEB de Campo Bom em 2017? Campo Bom atingiu as metas de 5º e 9º anos? Em relação aos municípios da região, como Campo Bom está? Como evoluiu o aprendizado em matemática e português? Quais as estratégias para o próximo ano?

Mesmo que praticamente todas as respostas aos questionamentos da vereadora Sandra Orth do PSDB já tenham sido amplamente divulgados pelos principais meios de comunicação da região, a vereadora preferiu apresentar de forma oficial um Pedido de Informações ao executivo, situação que gerou polêmica, discussão e até indignação de alguns vereadores da base aliada. O Jornal A Gazeta apresentou em sua última edição um gráfico com todas as notas atingidas por Campo Bom desde o ano de 2005, ano em que foi criado o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

O vereador e presidente Victor de Souza do PCdoB, ao usar a tribuna, insinuou como uma provocação o pedido feito pela vereadora Sandra. “Entendo como desnecessário este pedido, pois um jornal da região publicou os índices de todas as cidades além de que o Jornal A Gazeta dedicou toda a sua contracapa para uma ampla explanação com o histórico de todos os números de Campo Bom, o aluno não pode ser só um número, ele precisa ser um agente de transformação da sociedade que vivemos e, com relação aos números Campo Bom, ficou em segundo lugar na região nos anos iniciais e nos anos finais ficou em primeiro lugar", completou o vereador comunista.

A vereadora autora do pedido em aparte, justificou: “Na última sessão quando disse que faria o pedido ainda não tinha tido acesso aos números, mas mesmo assim decidi manter o pedido”.

Já o vereador Jair Wingert do Progressistas fez um forte discurso ao afirmar: "Para o atual governo as crianças não são apenas um número, no atual governo as crianças são cidadãos, é compromisso deste governo a formação e a capacitação de nossos alunos, agora sim a educação está sendo um projeto de governo, em um passado não muito distante, das 20 escolas de Ensino Fundamental, apenas três realizavam reuniões pedagógicas, hoje esta realidade mudou e todas realizam estas reuniões, porque agora existe vontade politica e compromisso de verdade com a educação desta cidade e sim, alguns números baixaram porque parou a maquiagem na educação os números agora são verdadeiros”, sentenciou Wingert.

Já o vereador Joceli Fragoso do PTB mostrou-se favorável ao pleito da vereadora. “O pedido de informação é um direito e uma obrigação do vereador. Se queremos informação, devemos ter acesso a informação. Será que tem algo a esconder? Será que tem alguma maquiagem como falou o vereador? Se os números estão bons, são méritos dos professores, que estão se qualificando", finalizou Joceli.

O pedido da vereadora foi rejeitado por oito contrários e dois favoráveis.

Última modificação emSábado, 15 Setembro 2018 01:36
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.