Entrar

Projeto Ambiental promove a conscientização dos pequenos

Tampinhas e lacres foram doados pelos alunos AG Tampinhas e lacres foram doados pelos alunos

Um projeto iniciado em 2015, envolvendo os alunos do 3º e 5º anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Marcos Silvano Vieira, localizada no bairro Alto Paulista, vem dando uma grande contribuição para a preservação e manutenção do Meio Ambiente. Através das orientações da professora Kátia Lampert e da coordenadora do Projeto “Ubuntu – Sou o que sou porque somos todos nós”, Luci Santos, os alunos aprendem praticando.

Nestes dois anos em que o projeto é desenvolvido na escola, diversas atividades já foram criadas. Uma delas foi a arrecadação das tampinhas plásticas de garrafas pet e de lacres de latinhas de alumínio.

Todo o material foi repassado ao Jornal A Gazeta, que doará as tampinhas para a AMO Crianças, para auxiliar no financiamento do tratamento de câncer infantil e os lacres possibilitarão a compra de cadeiras de rodas. “Pedimos aos alunos que arrecadassem os materiais para serem reutilizados para causas assistenciais e para nossa surpresa vimos que os familiares também se engajaram na atividade. Foi muito legal”, comentou a coordenadora Luci.

ALUNOS APRENDEM NA TEORIA E NA PRÁTICA

Quem visita a EMEF Marcos Silvano, que hoje conta com 133 alunos, logo se depara com canteiros bem cuidados, com identificação da turma responsável pela manutenção do local, além de uma bem cuidada horta onde pode-se encontrar diversos tipos de chás e verduras. “Aqui tudo é feito pelos alunos. Nós damos a estrutura para eles trabalharem e eles executam. Além disso, o que é plantado em nossa horta é utilizado pela escola e parte dela ainda vai para a casa de cada aluno”, salienta Luci.

O trabalho todo é realizado no contraturno escolar, fazendo o aluno se engajar com as atividades escolares fora do turno escolar. “Aqui eles identificam as árvores, as plantas e aprendem o valor de cada uma” explica a coordenadora.

A escola também conta com uma compostagem, mantida pelos próprios alunos. “Diariamente depositamos nela todo o material orgânico utilizado na escola e também os alunos trazem de suas casas”, explica Luci. O resultado é uma terra rica em substâncias húmicas e nutrientes minerais, que servem para serem utilizados na horta da escola.

“Iniciamos a confecção do material e vimos no Jornal A Gazeta que existia esse projeto social de repasse de tampinhas e lacres e resolvemos fazer o repasse”
Luci Santos
Coordenadora do projeto

“O sucesso das campanhas lideradas pelo AG acontece graças a esse tipo de atitude que tiveram os alunos da EMEF Marcos Silvano. E além de ajudar o próximo, nós estamos ajudando o meio ambiente”
Mauri Spengler
Diretor do AG

Mídia

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.